Samsung anuncia oficialmente a Bixby, a inteligência artificial dos novos Galaxy S8

20 de março de 2017 Comentário(s)
Samsung anuncia oficialmente a Bixby, a inteligência artificial dos novos Galaxy S8
Shares 10

A Samsung surpreendeu o mundo ao anunciar, nesta segunda (20), a Bixby, a sua nova inteligência artificial. O comunicado chamou atenção porque foi feito antes do evento do dia 29 de março, que apresentará os novos Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus.

Como os rumores apontavam, o nome da nova IA é realmente Bixby e ela foi concebida pelos mesmos criadores da Siri, cuja empresa foi comprada pela Samsung alguns anos atrás. Sua primeira aparição vai ser nos novo smartphones da companhia, a serem anunciados semana que vem. Porém, o interessante é a proposta da sul-coreana.

Diferente de Apple, Amazon, Google e Microsoft, a Samsung promete que a Bixby vai ser diferenciada e sua criação não tem a ver com responder um monte de perguntas dos usuários usando machine learning, mas sim o objetivo de focar no uso do smartphone sem tocar na tela.

Desta forma, eles estão a chamando de agente virtual que vai ajudar a facilitar tarefas realizadas em gadgets modernos, principalmente em termos de interface. O Galaxy S8, inclusive, vai ter um botão dedicado só para ativá-la.

Disponibilidade

Num primeiro momento, a Bixby vai estar limitada apenas aos idiomas inglês e coreano, com planos de expansão futura neste ano para chinês e espanhol latino-americano. A assistente começará funcionando apenas com os apps pré-instalados nos smartphones Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus, embora depois prometa aumentar o ecossistema por meio de SDKs disponíveis para outros desenvolvedores.

Em um post no seu blog pessoal, o vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento, Injong Rhee, explicou que a Samsung produz milhões de dispositivos e que o problema entre a comunicação homem-máquina é uma constante nos seus negócios. Para a Samsung, a premissa da sua nova filosofia é de que os humanos não deveriam aprender a interagir com as máquinas, mas sim elas que deveriam se adaptar a sua vontade.

Por causa disso, a interface precisa ser natural e intuitiva, com uma curva de aprendizado muito pequena.

Recursos da Bixby

A Bixby é uma inteligência artificial fundamentalmente diferente das outras disponíveis no mercado, garante a Samsung. Isso porque ela vai atacar em três frentes diferentes:

1. Integridade

Quando um app for compatível com a Bixby, ela poderá ser capaz de executar todas as tarefas sem a necessidade do usuário tocar na tela. As inteligências artificiais disponíveis no mercado atualmente suportam apenas algumas tarefas pré-selecionadas dentro de apps, por isso muitas vezes acabam confundindo o usuário.

Desta maneira, é comum que as pessoas deixem os comando de voz de lado. A Bixby é diferente neste ponto e vai permitir controlar totalmente os aplicativos, simplificando o seu uso e tornando o comportamento de uso muito mais previsível.

2. Contexto

Ao usar um aplicativo com suporte à Bixby, os usuários vão poder chamá-la a qualquer momento e ela será capaz de entender o contexto da situação do app para executar o trabalho correto e de maneira contínua.

A maioria dos assistentes atuais possui ordens lógicas para realizar determinadas ações e sair deste padrão faz com que o processo tenha que ser muitas vezes reiniciado. Isso não vai acontecer com a Bixby, garante a Samsung.

3. Tolerância Cognitiva

Quando usuários aprendem a usar comandos de voz e a assistente suporta mais e mais ações, é comum eles terem que decorar exatamente como precisam falar para que a ordem seja executada adequadamente. A maioria dos agentes requer que os comandos sejam ditos em ordens exatas e prefixadas.

A Bixby vai ser inteligente o suficiente para entender informações incompletas e executar tarefas com o seu conhecimento. Tal tolerância permitirá uma interface muito mais natural e fácil de usar.

(a Samsung) sabe que adotar novas formas de interagir com seus dispositivos requer uma mudança de comportamento do usuário. O inconveniente de aprender uma nova interface pode causar atrito e forçar os usuários a querer voltar aos velhos hábitos (como, por exemplo, usar a interface de toque). Ao mesmo tempo, acreditamos que a chave para o sucesso de uma nova interface de voz é reduzir o atrito e tornar a experiência significativamente mais gratificante em relação ao que já existe — explica Injong Rhee, vice-presidente executivo e Head de Pesquisa & Desenvolvimento da Samsung Electronics

Rhee reitera: a Bixby é uma inteligência artificial com ênfase em interface. Enquanto outras empresas buscam responder perguntas e focam em pesquisa, a empresa quer tratar a IA como uma adição à UI dos seus aparelhos.

Expansão futura

A Bixby iniciará com os smartphones, porém o desejo da empresa é de ampliá-la a toda a sua linha de produtos, desde TVs a ar-condiciado. Como a Bixby funciona na nuvem, basta que um dispositivo tenha acesso à internet para poder poder acessá-la.

Fonte(s): Samsung NewsRoom

Notícias Relacionadas

Comentários

Fundador e ex editor-chefe dos produtos TecMundo e Mega Curioso, trabalho com internet desde 2003. Sou extremamente apaixonado por tecnologia, produtos eletrônicos e video games, acompanhando e participando ativamente deste mercado. Integrante da equipe Techroad, acredito que um conteúdo excelente pode se transformar em conhecimento e enriquecer culturalmente toda a sociedade.