Conheça as 13 primeiras novidades do Android 8.0 confirmadas pela Google

21 de março de 2017 Comentário(s)
Conheça as 13 primeiras novidades do Android 8.0 confirmadas pela Google
Shares 4

Em seu blog oficial de desenvolvimento, a Google publicou hoje as primeiras novidades do Android 8.0, cuja letra inicial será representada por um doce iniciado por O. Como você deve se lembrar, executivos da companhia sugeriram que a marca Oreo pode dar nome à nova versão do SO.

Dave Burke, vice-presidente de engenharia do Android, publicou nesta tarde que o feedback ativo dos usuários e fãs do sistema operacional do robozinho sempre ajudou muito na construção e por isso ele gostaria de dividir 13 grandes novidades que estarão presentes no sistema.

Além disso, ele explicou que no evento Google I/O de maio a nova versão será divulgada com mais detalhes — como a Google tem feito todos os anos. Sem mais delongas, o que vem por aí?

As 13 primeiras novidades do Android 8.0

1. Limite de apps rodando em background

Uma das grandes prioridades do Android O é aperfeiçoar a autonomia de bateria dos dispositivos que embarcam o sistema operacional. Para tornar essa ideia possível, a Google criou um limite automático de quais apps podem rodar simultaneamente em segundo plano.

A decisão passa por três grandes áreas: serviços de transmissão, serviços de background e atualizações de localização. As mudanças nestas três áreas vai possibilitar que apps sejam interrompidos caso não estejam sendo utilizados e por isso a Google sugere que os desenvolvedores acessem as novas documentações de limites de execução e limites de locais.

2. Canais de notificação

O Android 8.0 vai introduzir canais de notificação que categorizam as dezenas de notificações que você recebe para organizar e facilitar ações em massa. Por exemplo, usuários podem bloquear ou mudar o comportamento de um canal individualmente ao invés de ter que entrar em cada aplicativo para gerenciar suas configurações.

Burke também explicou que o Android O vai adicionar várias pequenas mudanças de design para facilitar a percepção dos usuários quando se trata de um canal de notificação adicionando uma sombra nelas.

3. APIs de preenchimento automático

Os usuários do Android sabem como é chato ter que lidar com diversos gerenciadores de senhas e como é cansativo e repetitivo preencher dados de login ou em formulários várias vezes, principalmente em apps de transações.

Por isso, eles vão criar uma plataforma com suporte a autopreenchimento no qual os desenvolvedores podem implementar o preenchimento automático em aplicativos existentes ou novos. A API para realizar esta façanha já está disponível.

4. Modo PIP e novas formatações de janelas

Vários smartphones e tablets já suportam o modo Picture-in-Picture (PIP), no qual você pode, por exemplo, assistir um vídeo enquanto está navegando em um site ou conversando com alguém no WhatsApp. Agora, os apps vão poder resumir ou pausar o estado do modo PIP e permitir redimensionar a janela.

Além disso, novos recursos de janela com sobreposição de apps e suporte para vários displays (ao iniciar uma atividade em monitores remotos) serão suportados.

5. Suporte a fontes em XML

Apps agora poderão definir fontes em layouts de XML, assim como a família de fontes declarando o estilo e peso da fonte nos arquivos.

6. Ícones adaptáveis

Os designers que criam ícones de apps vão pirar com essa. Para ajudar na integração da interface gráfica, eles poderão criar ícones adaptativos de acordo com a tela do dispositivos utilizando diferentes formas e máscaras para cada dispositivo. Isso significa que você pode ter um ícone redondo, quadrado ou com bordas arredondadas dependendo da interface e do dispositivo.

O novo sistema também pode animar interações do ícone no launcher (inicializador), atalhos, configurações, diálogos de compartilhamento e na tela inicial.

7. Ampla gama de cores para apps

Mais uma novidade para os designers é que agora novos dispositivos suportam uma nova e ampla gama de cores e o Android O vai dar suporte a elas. O carregamento de códigos de cores nos formatos Adobe RGB, Pro Photo RGB, DCI-P3 etc. estão inclusos.

8. Conectividade

O Android 8.0 vai vir com as bibliotecas de codec de áudio LDAC para transmissão em Bluetooth de alta qualidade. Ainda, a empresa vai adicionar novas funcionalidades Wi-Fi como o Wi-Fi Aware, recurso capaz de descobrir e se conectar à internet sem-fio sem precisar de um ponto de acesso. A Google está trabalhando bem próxima de empresas de hardware que podem suportar a tecnologia Wi-Fi Aware.

E tem mais!

O framework de comunicação de rede agora ganhou uma API que permite apps de terceiros que fazem ligação se integrar facilmente com a interface gráfica do sistema de outras aplicações de áudio.

No exemplo da Google, apps podem ter suas chamadas de voz exibidas em interfaces diferentes como displays que são adicionados em carros.

9. Navegação por teclado

Como muitos já devem saber, o Chrome OS já está permitindo instalar apps do Android baixando eles diretamente pela Google Play. Sendo assim, a navegação em apps por meio de teclado físico ganha força e o Android O vai trazer algumas melhorias como o fato de poder utilizar as setas e o botão Tab para realizar ações com muito mais facilidade.

10. API AAUdio para o Pro Audio

AAudio é uma nova API nativa desenhada para apps que precisam de uma excelente performance e baixa latência de áudio. Usando esta API, será possível escrever e ler dados de stream.

11. Melhorias no WebView

No Android 7.0 Nougat, a Google introduziu um modo de multiprocessamento opcional para os conteúdos carregados em WebView. Agora, no Android O este modo será o padrão e por isso apps que utilizam este recurso precisam estar preparados.

12. APIs em Java 8 e otimizações no tempo de execução

O Android já suporta várias API escritas em JAVA, incluindo a nova java.time API. A oitava versão do sistema vai melhorar a performance destas aplicações em até duas vezes, garante a Google.

13. Contribuições de plataformas de terceiros

Empresas de hardware estão ajudando o Google a acelerar a resolução de bugs e melhorias da plataforma Android. Portanto, a nova versão está usando a solução de terceiros, como a Sony, que contribuiu com mais de 30 novos recursos (incluindo o codec LDAC) e 250 correções de bugs.

****

A primeira versão do Android O (Developer Preview) já está disponível para download e você pode instalá-la nos aparelhos Pixel C, Pixel, Pixel XL, Nexus 5X, Nexus Player ou Nexus 6P.

Melhorias muito técnicas, não é verdade? Sim, mas não tem problema. Esses são apenas as primeiras novidades registradas e servem mais para preparar os desenvolvedores do que está por vir.

Com certeza, recursos mais voltados aos consumidores serão apresentados somente na keynote do Google I/O 2017, que será realizada no dia 17 de maio. Ansioso? Nós já estamos!

Fonte(s): Android Developers Blog

Notícias Relacionadas

Comentários

Fundador e ex editor-chefe dos produtos TecMundo e Mega Curioso, trabalho com internet desde 2003. Sou extremamente apaixonado por tecnologia, produtos eletrônicos e video games, acompanhando e participando ativamente deste mercado. Integrante da equipe Techroad, acredito que um conteúdo excelente pode se transformar em conhecimento e enriquecer culturalmente toda a sociedade.